Julho 22, 2024
Ramos de Hortelâ: uma erva aromática e nutritiva, os benefícios da hortelã são diversos.

Mais do que aromática e refrescante, a Hortelã é uma planta com inúmeras propriedades funcionais. 

Selecionamos 8 benefícios da hortelã à saúde, e também algumas dicas de chás. Confira logo abaixo! 🌿💚

Compartilhe nas redes

Índice de conteúdos

Hortelã: saborosa e saudável.

Refrescante e com cheiro e aroma agradáveis, a hortelã é muito usada na culinária: em saladas, kibes, chás, sucos ou até mesmo em sobremesas.

Porém, o seu grande destaque é ser uma planta medicinal com inúmeras ações benéficas, como digestivas, vermífuga e antisséptica.

Por que ela é tão saudável? Continue com a gente que mostramos!

Hortelã: quais os principais nutrientes?

Não é por menos que a hortelã é considerada uma erva medicinal. Suas inúmeras propriedades funcionais são devido aos diversos nutrientes que possui. Entre eles, podemos destacar:

Os tipos de hortelã mais comuns.

Hortelãs comum, pimenta e menta. as 3 trazem benefícios à saúde.

Existem vários os tipos de hortelã (mentha). No Brasil, além da hortelã comum, o foco deste artigo, as mais comuns são a pimenta e a menta.

As três possuem valores nutricionais muito semelhantes, portanto, trazem basicamente os mesmo benefícios.

No mundo, existem inúmeras outras, como a hortelã japonesa, a silvestre, a chocolate e a da água.

Conheça 8 benefícios da Hortelã para a saúde.

Sendo uma erva tão nutritiva, é de se imaginar que os benefícios da hortelã sejam inúmeros. Abaixo fizemos uma seleção com 8 deles, bora conferir?

1. Melhora a saúde bucal.

Não é somente pelo frescor que a hortelã é utilizada como ingrediente em cremes dentais. 

Ela possui propriedades antissépticas que fazem bem a nossa saúde bucal, agindo contra germes que causam a cárie e o mau-hálito.

2. Melhora a digestão.

Com atuação no estômago, no fígado e no intestino, podemos dizer que a ação digestiva é um dos principais benefícios da hortelã.

A hortelã pode proporcionar alívio da indigestão e do inchaço devido à capacidade de relaxar os músculos do trato gastrointestinal

Sua atuação no fígado é estimulando a produção da bile, substância essencial à digestão e à absorção de gorduras e  vitaminas.

No intestino, há diversos estudos que comprovam sua eficácia para o alívio de sintomas da síndrome do intestino irritável, com a diminuição de gazes, dores abdominais e diarreia.

3. Combate gripes e resfriados.

A hortelã é ótima para tratar gripes, resfriados e dores de garganta, porque é descongestionante, anti-inflamatória, expectorante e analgésica

Essas ações se devem ao mentol, que é também um poderoso antioxidante.

4. Alivia dores.

O mentol presente na hortelã também é efetivo para o alívio de dores, como cólicas e enxaquecas, devido ao seu efeito analgésico e anti-inflamatório. 

Além disso, o seu efeito vasodilatador propicia aumento do fluxo sanguíneo, melhorando a oferta de nutrientes necessários para o reparo de áreas feridas e inflamadas.

5. Combate infecções.

Assim como a ação digestiva, este é um dos benefícios da hortelã mais difundidos.

A hortelã é um excelente vermífugo, indicado para o combate a infecções parasitárias, como as causadas por amebas e giárdia.

Essa propriedade é devido ao óxido de piperitona, presente em concentração maior na hortelã-pimenta, aquela de cabo roxo.

Porém, como vermífugo, é necessário preparar um chá bem concentrado, usando grande quantidade de hortelã.

6. Melhora a fadiga mental.

A hortelã possui estimulantes leves do sistema nervoso central, como o mentol (novamente) e a mentona, que atuam reduzindo a fadiga mental e aumentando a disposição, o foco e a concentração na execução de tarefas.

7. Melhora a memória.

Os benefícios da hortelã também são perceptíveis na memória.

Um estudo da Universidade de Saint Louis, EUA, descobriu que nutrientes presentes na hortelã possuem ação neuroprotetora, ajudando a preservar a memória e outras funções cognitivas.

8. Previne o câncer.

Em especial, a hortelã possui álcool perílico, uma substância fitoquímica com efeitos positivos na prevenção de vários tipos de cânceres, incluindo câncer de mama, fígado, próstata, cólon, pulmão e pele.

Além disso, a hortelã possii alta quantidade de antioxidantes. 

Os antioxidantes protegem as células saudáveis contra a ação de radicais livres, que atualmente sabemos serem desencadeadores de diversos tipos de câncer, como o de cólon e a leucemia.

3 chás de hortelã e seus benefícios.

1. Chá de hortelã para digestão.

Chá de hortelã possui efeito digestivo.

Para o efeito digestivo, recomenda-se consumi-lo de 3 a 4 vezes ao dia, em pequenas quantidades, minutos antes das refeições. 

Não exagere pois líquido em excesso atrapalha a digestão, 150 mL já é o suficiente. Também é preferível não adoçar, pois açúcar também prejudica o processo digestivo.

Ingredientes.

Modo de preparo.

2. Chá de hortelã para gripes e resfriados.

Hortelã, mel, gengibre e limão: um quarteto poderoso para tratar gripes, resfriados e dor de garganta, por serem expectorantes, antivirais, anti-inflamatórios, analgésicos, e também por aumentar a imunidade.

Ingredientes.

Modo de preparo.

3. Chá de hortelã para infecções parasitárias.

O Chá concentrado combate infecções.

Hortelã é comprovadamente eficaz no combate a infecções de amebas e giárdia, devido ao óxido de piperitona, presente em maior concentração na hortelã-pimenta (de cabo roxo).

Segundo pesquisadores da Unb, o seu chá concentrado tem o mesmo efeito de remédios à base de hortelã que compramos em farmácias.

Ingredientes.

Modo de preparo.

Contraindicações do chá de hortelã.

O consumo da hortelã é contra-indicado para algumas pessoas.

Apesar dos benefícios da hortelã à saúde, o seu chá não é recomendado para algumas pessoas, cuidado se você for uma delas:

Considerações finais.

Como vimos no decorrer do artigo, são inúmeros os benefícios da hortelã, sendo recomendada para os mais diversos fins, como digestão, alívio de dores diversas, gripes, resfriados e até mesmo no combate a alguns vermes. 

Diante de tantos benefícios, o Viva Saúde recomenda seu consumo diário, observados os casos onde ela é contraindicada.

Compartilhe nas redes

Picture of Raphael Tavares
Raphael Tavares

36 anos, formado em Mecatrônica Industrial e há 11 anos trabalhando no Administrativo do IAMSPE (Assistência Médica do Servidor Público do Estado de São Paulo). Seu hoobie é ler conteúdos relacionados à saúde e bem estar. Agora, criando seus próprios artigos.

3 thoughts on “Digestiva, vermífuga, anti-gripal… Conheça 8 benefícios da Hortelã

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *